242 Paço de Arcos

line decor
 
line decor
   
 
o nosso imaginário baseia-se no famoso Chefe Gusteau e no Ratatouille

 

large product photo

 

 

 

Vigília de Oração e Promessas de Dirigentes

Promessas de dirigentes – numa ocasião que promete ser de festa , e de mais um marco importante , na nossa história escutista em Paço de Arcos.

A Vigília de Oração a realizar-se no dia 17 de Fevereiro, é o momento de parar e reflectir no compromisso que se vai realizar no dia seguinte, é um momento de oração e de encontro com Deus e com os irmãos, tal como com os elementos do agrupamento, com as nossas famílias e a comunidade paroquial que também estará presente. É o momento em que cada um apresenta o que tem preparado sobre o tema e em que os já investidos e os futuros dirigentes darão o seu testemunho sobre a sua caminha escutista.


A Celebração de Promessas terá lugar na missa no dia 18 de Fevereiro, onde contaremos com a presença de um representante do Núcleo da Barra, que aceitará a promessa dos novos dirigentes, além de inúmeros outros irmãos escutistas que vêm presenciar e festejar as suas promessas.

Fazer promessa de dirigente não é um prémio nem se pretende que seja. Tendo terminado a caminhada nas secções, ou fazendo parte das equipas de animação do agrupamento, este é o passo seguinte, porque, tal como na vida, no escutismo não devemos estagnar. Ser dirigente do CNE e, sobretudo neste agrupamento, é retribuir o tanto que este agrupamento deu ao longo de 45 anos, é ter uma voz e um papel na educação dos jovens que nos são confiados, é gostar do escutismo, é encantar-se sempre que se descobre algo novo sobre BP, é ter de fazer escolhas difíceis tantas vezes, é abdicar de coisas, de confortos e de tempo, sabendo que quando se volta para casa vai-se sempre mais leve e com a mochila mais cheia (mesmo que se vá de rastos!!!), é saber que, de vez em quando, fazemos a diferença na vida daqueles que nos são confiados. Como eu costumo dizer, se tivermos feito a diferença nem que seja apenas num elemento já valeu a pena. Ao tomar consciência deste dia, desse momento, apercebi-me que o Senhor nos estava a relembrar que, por um lado somos fruto deste agrupamento, mas, por outro, também somos chamados a dar fruto, ou seja, sermos chamados a viver esta promessa de dirigente, é acima de tudo ser exemplo. Mas neste agrupamento aprendi que é possível levar esta obra a bom porto. Como diz o lema do ano do Agrupamento 
 "Qualquer um pode cozinhar” …Nós podemos, com Deus, que Ele nos guie.

Por último, ser dirigente neste agrupamento e fazer parte da sua história é um privilégio pelo qual estou muito grato. O nosso agrupamento é exemplo, quer pelo seu efectivo, quer pela sua dinâmica, tal como comprova o troféu Top Barra. É sempre bom ouvir elogios, sobretudo quando olhando de dentro vemos tantas coisas que é necessário melhorar, é sinal que o esforço feito por todos vale a pena, mas é também uma grande responsabilidade.
Somos muitos e a responsabilidade é GRANDE. 
Por isso, novos dirigentes do 242, contem com as nossas orações para vos dar força nos momentos de cansaço e dificuldade.

 

 
line decor